domingo, 15 de dezembro de 2013

Ceia de Natal



Como prometi, mais uma idéia de "Ceia de Natal".
Todas as receitas, exceto as duas últimas são da Revista Cláudia.
Já experimentei os dois tipos de arroz a adorei! 
O primeiro, como não tinha sementes de papoula, improvisei, colocando sementes de chia para decorar.
O segundo, acrescentei uma pitadinha de canela, e além de muito cheiroso, ficou muito gostoso.

A farofa é simples, mas complementa muito bem os assados, podendo ser servida junto ao tender.
A carne assada com crosta de pecãs é divina, mas como eu gosto "bem passada" deixei mais tempo no forno do que pede a receita.
A Ciambela é um doce típico italiano, bem gostoso. Reparem que a receita não leva fermento e é servida com mousse de canela, fica perfeito.
O Bolo de Especiarias, também italiano, eu aprovei e muito. O ideal seria fazê-lo 2 semanas antes de servir, mas como não daria mais tempo, uma alternativa é congelá-lo e tirá-lo na anti-véspera do Natal ( veja receita detalhada no final do post ).

Para finalizar, um Sorvete maravilhoso de Nozes, receita da minha mãe, Beatriz Venditti 
Espero que gostem!

Beijos e sucesso,
Roberta Giovaneli






Arroz com Champanhe 


150 de manteiga
1 cebola grande ralada
4 xícaras ( chá ) de arroz
7 xícaras ( chá ) de caldo de galinha
1 1/2 xícara( chá ) de champanhe
50 g de queijo parmesão cortado em lascas
60 g de semente de papoula
Cebolinha francesa para decorar


Em uma panela média, aqueça a manteiga, junte a cebola e refogue até murchar. 
Adicione o arroz e refogue por mais um minuto. 
Acrescente o caldo de galinha quente e ferva em fogo moderado até o líquido quase secar. 
Junte o champanhe e deixe evaporar um pouco. 
Retire do fogo e abafe por alguns minutos. 
Na hora de servir, arrume o arroz em uma travessa e coloque as lascas de queijo ao redor. 
Polvilhe com a semente de papoula e decore com talos de cebolinha amarrados.Lentilha com salsão e minimilho


In




















1 folha de louro
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
1 vidro grande de minimilho em conserva, lavado e cortado em pedaços
2 talos de salsão em fatias finas
2 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco5 colheres (sopa) de azeite
Ar­roz com suco de la­ran­ja e amên­doas tor­ra­das


1/2 xí­ca­ra (chá ) de óleo
2 den­tes de alho pi­ca­dos
600 g de ar­roz
10 a 12 xí­ca­ras ( chá ) de suco de la­ran­ja
Sal a gos­to
2 xí­ca­ras ( chá ) de amên­doa sem pele, tor­ra­da, cor­ta­da em las­cas
Ra­minhos de hor­te­lã para de­co­rar


Em uma pa­ne­la gran­de, com o óleo, re­fo­gue o alho até co­me­çar a dou­rar. 
Jun­te o ar­roz e mexa. Acres­cen­te o suco de la­ran­ja e sal e co­zi­nhe em fogo alto, com a pa­ne­la se­mi­tam­pa­da, até fer­ver. Abai­xe o fogo e dei­xe co­zi­nhar até o ar­roz cres­cer e fi­car ma­cio. Trans­fi­ra para uma tra­ves­sa e espalhe as amên­doas em círculos. De­co­re com os ra­mos de hor­te­lã e sir­va quen­te.(sopa) de salsinha picadaModo de fazer
Em uma panela, coloque a lentilha com a cebola e a folha de louro, cubra com água e leve ao fogo até a lentilha ficar macia, mas firme. Escorra, 


r

etire o louro e a cebola e tempere com sal e pimenta. Deixe amornar e junte o minimilho e o salsão. Acrescente os ingredientes restantes e misture delicadamente. Esta receita pode ser feita com um dia de antecedência e guarda-da na geladeira, coberta com filme plástico. Sirva a lentilha, à temperatura ambiente, como acompanhamento do pernil assado.

Rendimento: 8 a 10 porções.









Farofa prática


1 xícara ( chá ) de manteiga
1/4 de xícara ( chá ) de pimentão vermelho picado
4 xícaras( chá ) de farinha de mandioca
4 ovos cozidos, picados
1/2 xícara ( chá ) de cebolinha verde picada
1 colher (chá) de sal
Pimentas vermelhas e verdes para decorar


Em uma frigideira, derreta a manteiga. 
Junte o pimentão e a farinha e frite por cinco minutos, mexendo, até torrar ligeiramente. 
Junte o ovo, a cebolinha e o sal. 




















Tender com abacaxi fresco grelhado 

1 tender com osso de aproximadamente 3 kg 
Cravos-da-índia
1/4 de xícara de molho de soja (shoyu)
2 colheres (sopa) de molho inglês
2 colheres (sopa) de mostarda
2 colheres (sopa) de mel
2 colheres (sopa) de suco de limão
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
1 abacaxi grande descascado, cortado em fatias de 1 cm de espessura
Azeite para pincelar
1/4 de xícara de açúcar granulado
Ramos de alecrim e pimenta dedo-de-moça para decorar


Com uma faca afiada, faça cortes no tender nos dois sentidos, sem aprofundar muito, formando quadradinhos. 

Em cada ponta do quadrado, espete um cravo-da-índia. 
Reserve. 
Numa vasilha, misture o molho de soja, o molho inglês, a mostarda, o mel e o suco de limão. 
Tempere com sal e pimenta. 
Derrame sobre o tender e leve para assar, em forno moderado (180° C), coberto com papel-alumínio, por 1 hora e 40 minutos, regando de vez em quando com o molho da assa deira. 
Se necessário, acrescente um pouco de água para não deixar o caldo secar. Retire o papel e asse por mais 20 minutos. 
Enquanto isso, grelhe as fatias de abacaxi. 
Pincele-as com o azeite e reserve. 
Aumente o fogo, polvilhe-as com um pouco do açúcar granulado e deixe dourar dos dois lados. 
Repita a operação até terminar todas as fatias. 
Corte-as ao meio. 
Amarre ramos de alecrim no osso do tender, coloque em uma travessa e arrume as fatias de abacaxi grelhadas em volta. 
Decore com algumas pimentas dedo-de-moça inteiras e sirva.








Carne assada com pecãs e tomates recheados 


2 pedaços de filé mignon de 1 kg cada um
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
4 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de azeite
1/4 de xícara de ketchup
1/4 de xícara de mostarda
4 gemas
1 xícara de noz pecã picada fino
3 cebolas roxas cortadas em fatias finas
1 cenoura em rodelas finas
2 colheres (chá) de zimbro esmagado (encontrei no Pão de Açúcar)
1 1/2 xícara de vinho tinto de corpo intenso, como Syrah

Para os tomates

10 tomates médios maduros mas firmes
2 dentes de alho picados
1 xícara de farinha de rosca
1/2 xícara de queijo parmesão ralado
Suco de 1 limão
1 maço pequeno de salsinha, sem os talos, picado
1/4 de xícara de azeite
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Folhas de louro e Ciboulette (cebolinha francesa) para decorar


Preaqueça o forno a 220°C (quente). 

Tempere a carne com sal e pimenta. 
Em uma frigideira grande, aqueça 1 colher (sopa) de manteiga com o azeite e frite a carne em fogo alto por oito minutos, virando para que fique dourada por igual. 
Transfira para uma assadeira e deixe esfriar. 
Em uma tigela pequena, junte o ketchup, a mostarda e as gemas. 
Pincele a superfície da carne com essa mistura e espalhe as pecãs por cima, pressionando com as mãos para que fiquem grudadas. 
Leve ao forno por 35 minutos (para ficar ao ponto). 
Se dourar demais, cubra com uma folha de papel-alumínio. 
Transfira para um prato ou tábua e reserve a assadeira. 
Em uma frigideira, aqueça a manteiga restante e refogue a cebola, as rodelas de cenoura e o zimbro até que a cebola comece a dourar. 
Junte o vinho e cozinhe por dez minutos ou até reduzir à metade. 
Tempere com sal e, se necessário, adicione um pouco de água. 
Ferva por dois minutos. 
Derrame este molho na assadeira reservada e leve ao fogo por alguns minutos, raspando o fundo com uma colher de pau. 
Reserve.

Prepare os tomates:
Enquanto assa a carne, corte a parte superior de cada tomate. 

Com uma colher, retire as sementes e um pouco da polpa. 
Coe a polpa, reservando o suco para temperar a farofa. 
Em uma tigela, misture o alho, a farinha, o queijo, o suco de limão e a salsinha. 
Junte o suco da polpa e acrescente 2 colheres (sopa) de azeite. 
Tempere com sal. 
Essa farofa pode ser preparada com um dia de antecedência e guardada na geladeira. 
No dia seguinte, deixe em temperatura ambiente e recheie com ela os tomates. 
Tempere a cavidade de cada tomate com um pouco de sal e pimenta. 
Recheie os tomates com a farofa e coloque em uma assadeira untada com o azeite restante. 
Leve ao forno moderado (180°C), preaquecido, por 20 minutos ou até a farofa dourar. 

Arrume a carne em uma travessa com os tomates (quentes ou em temperatura ambiente) em volta. 
Decore com folhas de louro e talos de ciboulette. 
Sirva o molho à parte.







Ciambella com amêndoa e mousse de canela 

4 claras
1/2 xícara ( chá ) de açúcar
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
80 g de fécula de batata
2/3 de xícara ( chá ) de farinha de amêndoa (40 g)
60 g de manteiga
1 colher (sopa) de casca de limão (ou laranja ou mexerica) ralada
30 g de amêndoa laminada

12 g de gelatina em pó branca, sem sabor
500 ml de creme de leite fresco
50 g de açúcar
1 pau de canela
Casca de 1 laranja
1 colher (chá) de canela em pó


Primeiro, prepare a mousse. 

Hidrate a gelatina em água fria. 
Em uma panela, leve ao fogo metade do creme de leite com o açúcar, o pau de canela e a casca de laranja até ferver. 
Passe por uma peneira e junte a gelatina hidratada. 
Misture até dissolver totalmente. 
Acrescente a canela em pó e deixe esfriar. 
Bata o creme de leite restante até obter picos duros e misture à gelatina. 
Coloque em uma vasilha que caiba dentro do buraco da fôrma de anel que será usada para a ciambella e leve para gelar até endurecer. 

Enquanto isso, preaqueça o forno a 170 °C (moderado). 
Na batedeira, bata as claras em neve, acrescente o açúcar, bata por mais alguns minutos, junte a farinha e a fécula peneiradas juntas, a farinha de amêndoa, a manteiga derretida quente e a casca de limão. 
Unte uma fôrma de anel de 25 centímetros de diâmetro e polvilhe com a amêndoa laminada. 
Despeje a massa e leve ao forno por 45 minutos ou até dourar. 
Deixe amornar, solte a ciambella da fôrma com a ajuda de uma faca sem ponta e vire sobre um prato. 

Coloque a mousse no centro e sirva.







Bolo de Natal Italiano com Chocolate, Nozes e Especiarias ( receita: Fabiana Badra Eid, foto: Revista Prazeres da Mesa )


250g de chocolate meio amargo quebrado em pedaços
250g de nozes picadas
250g de avelãs
65 ml de vinho do Porto
1 xícara ( chá ) de açúcar
2 colheres ( sopa ) de manteiga derretida e morna
2 colheres ( sopa ) de farinha de rosca
1/2 colher ( chá ) de pimenta da jamaica moída
1/2 colher ( chá ) de essência de baunilha
5 ovos
Casca ralada de uma laranja da baía


Unte generosamente uma forma de fundo falso de 23 cm.
Polvilhe com a farinha de rosca e reserve.
Em um processador coloque as nozes, as avelãs e o chocolate e pulse até a mistura ficar grosseiramente triturada ( não deixar ficar fina ).
Transfira a mistura para uma vasilha, acrescente a baunilha, o vinho do Porto, a pimenta, a manteiga e o açúcar .
Misture e acrescente os ovos, um a um, mexendo sempre.
Acrescente a casca de laranja ralada por último.

A parte, bata as claras em neve, em picos firmes.

Incorpore as claras aos poucos, delicadamente, a mistura de frutas secas e chocolate, deixando entrar ar na massa ( mexer de baixo para cima, delicadamente ).
Espalhe a massa na forma preparada e asse na grade do meio em forno pré aquecido a 180ºC por aproximadamente 1 hora             .
Cubra o bolo com papel alumínio caso comece a dourar demais.

Abra o forno  com cuidado e aperte levemente no centro do bolo, se ele estiver elástico, estará pronto.
Retire do forno, deixe esfriar sobre uma grade, desenforme, embrulhe em papel alumínio e deixe em geladeira por 2 semanas antes de consumir ou congele e deixe em temperatura ambiente um dia antes de servir.

Polvilhe açúcar de confeiteiro e decore com nozes e avelãs. 







Sorvete de Nozes com Calda de Tâmaras ( receita da minha mãe, foto:Gostoso com saúde )

1 litro de creme de leite fresco
2 latas de leite condensado
150g de nozes moídas

Bater na batedeira o creme de leite com o leite condensado até incorporar.
Acrescentar as nozes, sem bater.
Colocar em forma de bolo inglês, forrada com filme plástico.
(Pode-se colocar uma camada de sorvete, jogar nozes extras formando uma camada e cobrir com mais sorvete).

Calda de tâmaras:

1 caixinha de tâmaras sem caroço de aproximadamente 200g
2 xícaras ( chá ) de açúcar
1 colher ( chá ) de canela

Misturar as tâmara sem caroço com 1 xícara ( chá ) de água e levar ao fogo em uma panela, até amolecer as tâmaras e secar a água.
Bater no liquidificador as tâmaras amolecidas, o açúcar, a canela e mais uma xícara ( chá ) de água.
Ferver por 5 minutos e aquecer quando for usar.




7 comentários:

  1. Rayra Doces, via Facebook16 de dezembro de 2013 09:15

    Rayra Tanisia Sabino Dos Reis
    olá Roberta bom dia. Sou fã da sua página e do seu blog sempre acompanho as postagens que você faz. Eu mexo com doces para festa e gostaria de saber se você deixaria eu fazer somente uma postagem dos meus doces na sua pagina do face ou do blog. Tenho um blog também e também uma página no face caso você queira dar uma olhada estarei deixando os links só que não tem muitas fotos pois o tempo tá meio corrido e não da tempo de ficar fazendo as atualizações mas se voce quiser eu posso mandar mais fotos pra pelo messenger do face ou pelo email. Não sei se você vai pegar este recado mas mesmo assim te agradeço e te parabenizo pelo seu blog que e perfeito as receitas são maravilhosas inclusive testei algumas receitas de doces que estava no seu blog e ficaram maravilhosas tanto que hoje em dia faz parte do meu cardápio. Muito obrigada tenha um ótimo dia....bjssss https://www.facebook.com/RayraTanisiaConfeitosArtesanais?fref=ts http://rayradoces.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rayra, seus docinhos são uma graça. Obrigada pelo carinho, e fico feliz por saber que inspiro você de alguma forma. Desejo sucesso para você !!!!
      Beijosss

      Excluir
    2. Rayra, mande por e-mail algumas receitas com fotos para eu testar, e entrarei em contato, OK ? Beijos e sucesso

      Excluir
  2. Adorei suas idéias de ceia. Feliz Natallllll !!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Carola.
      Espero que seu Natal tenha sido maravilhoso e que seu Ano Novo seja cheio de doces inspirações!!! Beijos e sucesso

      Excluir
  3. Rô, fiz a carne assada, meu Deus, que divino.Obrigada,Cada dia gosto mais do seu blog. Você é linda e seu blog também, assim como sua família toda. Você passa muito carinho em suas postagens, muito comprometimento. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmina, obrigada pelo carinho e suas palavras tão delicadas, fico feliz que tenha gostado dessa receita, é realmente maravilhosa. Beijos e sucesso

      Excluir